Transações de Bitcoin: o que fazer quando seu pedido atrasar?

Com a popularização e a valorização crescente das moedas virtuais, a quantidade de transações de Bitcoin tem aumentado significativamente nos últimos anos. Entretanto, com esse aumento no número de transações, os blocos começaram a se encher com muita rapidez, ocasionando a demora na conclusão das operações.

Como a transação só é incluída no bloco por um minerador — que é a pessoa responsável pela efetivação da operação — e em face ao grande número de ocorrências, muitas transações atrasam, formando os chamados mempools, que são uma espécie de fila de transações.

Neste artigo, você vai entender o que pode ser feito para evitar o atraso nas transações de Bitcoin, e, ainda, quais medidas podem ser tomadas caso esse atraso já esteja ocorrendo.

Continue a leitura para entender mais sobre o assunto! 

Atraso nas transações de Bitcoin: por que ele acontece?

A grande razão para o atraso nas transações de Bitcoin é o grande volume de operações comparado à quantidade — não tão grande assim — de mineradores que incluem as ocorrências nos blocos.

Como o número de negociações é muito alto, esses mineradores acabam tendo a opção de escolher quais serão as transações prioritárias e, como elas incluem o pagamento de uma taxa em favor dos mineradores pelo trabalho, eles acabam priorizando as que apresentam taxas de mineração mais alta.

Assim, as transações com taxas mais baixas acabam permanecendo nos mempools dos mineradores até que um novo bloco seja minerado. Em alguns casos, essas negociações podem levar horas ou até mesmo dias para receberem confirmações. Há ainda casos em que as transações nunca chegam a ser confirmadas.

Como evitar os atrasos?

Apesar de ser um problema comum, é possível evitar que os atrasos aconteçam. A seguir listamos algumas dicas práticas para garantir a efetividade e rapidez nas suas transações. Confira!

Aumentar a taxa de transação

Como vimos, a taxa de mineração tem um papel determinante no processamento e na finalização mais rápida das transações de Bitcoin. Ou seja, se o usuário deseja ter a transação confirmada mais rapidamente, a melhor maneira de conseguir isso é incluir uma taxa mais elevada pela mineração da operação.

A taxa de mineração é importante porque é ela que representa o pagamento do minerador pelo trabalho de inclusão da sua transação no bloco da carteira de Bitcoins. Por isso, sempre que for fazer transações, lembre-se de anexar uma taxa de mineração e, para ter certeza de que a operação será efetivada e finalizada sem atrasos, considere aumentar o valor dessa taxa.

Uma das maiores dúvidas dos usuários nesse quesito é: e se a carteira já incluir automaticamente uma taxa baixa? O que pode ser feito? Nesses casos não há motivo para se preocupar, pois o usuário costuma ter a opção de realizar o ajuste da taxa de forma manual — normalmente por meio da opção de configuração da carteira.

Verificar a existência de taxas dinâmicas

As taxas dinâmicas são suportadas por grande parte das carteiras virtuais, com o objetivo de garantir que as carteiras possam calcular de forma automática a taxa necessária para ter a transação incluída no próximo bloco a ser minerado.

Além disso, algumas carteiras oferecem aos usuários a opção de escolher a prioridade da transação, de forma que para as de maior prioridade sejam escolhidas automaticamente taxas mais altas e para as de menor prioridade taxas mais baixas.

A opção de taxas dinâmicas é um recurso eficaz para reduzir o problema dos atrasos nas transações. Por isso, verifique a disponibilidade dessa opção na sua carteira e, caso ela não esteja disponível, confira a existência de atualizações ou até mesmo considere a troca por alguma que ofereça a possibilidade.

Trocar a carteira virtual

Conforme mencionado, os recursos disponíveis na carteira virtual são muito importantes para a definição da agilidade e facilidade com que as operações serão concretizadas. Nesse sentido, caso você realize a atualização e verifique que, ainda assim, sua carteira não oferece a opção de taxa dinâmica, é recomendado realizar a troca de carteira.

Para mudar para uma nova carteira é necessário transferir os fundos. Essa transferência pode ser feita na rede Bitcoins, por meio do pagamento de uma taxa.

Porém, a operação pode ser um pouco demorada, então, caso você tenha pressa, considere exportar as chaves privadas e, somente depois desse procedimento, realizar a transferência para a nova carteira.

Transação já enviada e atrasada: o que pode ser feito?

Como você pode ver, o valor da taxa de mineração, a possibilidade de definir taxas dinâmicas e a carteira virtual utilizada são três fatores que influenciam na agilidade da concretização das suas transferências. 

Mas e quando a transação já está atrasada e não é mais possível tomar medidas para evitar o problema? O que fazer?

Nesses casos também há alternativas que podem agilizar a operação. Acompanhe algumas possibilidades a seguir.

Opt-In RBF

A primeira opção é o chamado Opt-In Replace-by- (Opt-In RBF). Esse recurso permite que o usuário reenvie a mesma transação, mas dessa vez com uma taxa mais alta.

A rede recebe duas transações iguais e automaticamente aceita a nova transação — com a taxa mais alta — em favor da antiga. Isso permite que a operação pule a fila e seja posicionada entre as prioritárias.

Todavia, nem todas as carteiras disponibilizam a opção Opt-In RBF e se esse for o caso da sua carteira, há outras soluções que podem agilizar a sua transação. 

CPFP

A criança paga pelo pai (CPFP) é uma alternativa que leva em consideração a escolha de mineradores que trabalham com um conjunto de operações que inclui diversas taxas combinadas. Nesses casos, a sua transação pode ser alterada incluindo uma taxa mais alta para compensar o baixo valor da taxa anterior.

Todavia, assim como na alternativa anterior, o CPFP também não é um recurso utilizado por todos os mineradores. Ainda assim, existem outras opções a serem consideradas.

Substituição completa por taxa

Caso o Opt-In RBF e o CPFP não sejam opções disponíveis no seu caso, é possível tentar transmitir a transação inicial com uma taxa mais alta.

Essa ação costuma ser chamada de substituição completa por taxa e é aceita por alguns mineradores. Mas vale destacar que algumas carteiras também não suportam essa opção.

Aguardar a finalização

Se você não puder utilizar nenhuma das opções anteriores, a única alternativa é esperar a concretização da transação ou o retorno dos Bitcoins à sua carteira.

Vale lembrar que enquanto não houver uma confirmação da transação os Bitcoins continuam sendo seus, por isso não há com o que se preocupar, você não vai perder suas moedas.

Para finalizar é importante ressaltar que o usuário deve investir em uma plataforma de troca de moedas virtuais eficiente, que possibilite a compra e venda de criptomoedas de maneira ágil e segura. Hoje o mercado já oferece diversas opções, portanto, pesquise antes de escolher a que melhor atende suas necessidades.

Gostou das dicas? Quer mais agilidade e segurança nas suas transações de Bitcoin? Então conheça a plataforma Bitcoin Trade!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"