Assim como Setembro, o mês de Outubro foi bastante agitado para o Bitcoin. A boa notícia é que dessa vez a movimentação foi extremamente positiva, e fechamos o mês com valorização no preço da principal criptomoeda de todas, o Bitcoin. Isso não acontecia há três meses, desde a grande alta de Junho.

Valorização Recorde

O dia 25 de Outubro foi um dia histórico. Com uma valorização de quase 30% em 24h, foi uma das maiores valorizações diárias na história do Bitcoin: no começo do dia, o Bitcoin era negociado nas principais corretoras do mundo na casa dos US$ 7.500. Menos de 12h depois, sua cotação estava em US$ 9.600.

Muitos analistas acreditam que a alta está diretamente relacionada às declarações extremamente favoráveis que o Presidente da China, Xi Jinping, fez em relação ao desenvolvimento do blockchain no país. No dia seguinte às declarações, o Congresso aprovou uma lei regulamentando incentivando pesquisa e desenvolvimento para fins comerciais.

Principais criptomoedas, ativos e bolsas mundiais

Notícias do mundo cripto:

ETFs de Bitcoin: Pedido de registro da ETF da Bitwise foi rejeitado. Já a Wilshire Phoenix alterou sua proposta, reiniciando do zero o prazo de análise da SEC

Hashrate Bitcoin: atingiu níveis recordes mesmo com proximidade do halving aguardado pra Mai/2020

Ethereum (ETH): Fundador Vitalik Buterin tenta fazer alguns comentários positivos sobre o desenvolvimento da ETH 2.0 previsto pra 2020, mas acabou piorando a situação

Ripple (XRP): Rumores de que Bank of America, 2º maior dos EUA, poderia utilizar produtos da Ripple Co (empresa) após anunciar contratações de experts

Litecoin (LTC): perdeu 60% do poder de mineração (hashrate) após halving programado reduzir pagamento aos mineradores

CPI das criptos: após realizar diversas audiências públicas, Deputado Aureo Ribeiro (SD-RJ) pediu abertura de uma CPI pra investigar possíveis fraudes

Telegram (GRAM): ICO que ainda nem saiu do papel enfrenta problemas com a SEC além de constantes atrasos no lançamento

Além das Criptomoedas

Bolsas pelo mundo

Em outubro os mercados acionários tiveram máximas históricas com Ibovespa próximo dos 108.000 pontos, alta de 22% no ano e o S&P500 nos EUA ultrapassando a marca de 3.000 pontos, +21,2% em 2019. O principal fator apontado pelos analistas foi a alta de 1,9% no PIB dos EUA – Produto Interno Bruto – aliado ao movimento de corte de juros pelos principais Bancos Centrais no mundo.

Quem se deu bem:

A queridinha do mercado brasileiro Magazine Luiza (MGLU3) subiu cerca de 20% após surpreender positivamente no resultado trimestral divulgado em Outubro.

Ações do segmento de saúde nos EUA (Health Care Select Sector) terminaram Outubro em alta de 5,2% após queda nas intenções de voto da Senadora Elizabeth Warren – conhecida por promover o discurso de saúde integralmente custeada pelo governo.

Ações de empresas em países emergentes (MSCI Emerging Markets) terminaram o mês com ganho de 4,2% em dólar, sinalizando maior apetite de risco por parte dos investidores num cenário de queda de juros e recompra de títulos pelos governos dos EUA, Japão e Europa, injetando liquidez para estimular a economia global.

Quem se deu mal:

A ação da rede social Twitter (TWTR) terminou o mês em -27,2% após reduzir estimativas de lucro pro ano pra USD 150 milhões, ante os 200 milhões esperados pelo mercado.

A ação do frigorífico JBS (antiga Friboi) cedeu 13,7% na B3 Bovespa, devolvendo parte do incrível ganho de 170% acumulado no ano. Senadores dos EUA pediram abertura de investigação sobre aquisições realizadas nos EUA pela JBS.

Já a ação da Cogna (antiga Kroton Educacional) caiu 13,5% no mês com investidores aguardando o resultado trimestral em 13/Nov. O desenrolar da “Lava Jato da Educação” também preocupa investidores.

iFood entrega 21,5 milhões de pedidos no mês

A empresa de delivery de comida Ifood, controlada pelo grupo Movile, comemorou crescimento de 50% no número de pedidos no Brasil em relação ao ano anterior. Apesar da impressionante marca este volume de 21 milhões de pedidos mensais praticamente desaparece quando comparado aos 25 milhões de pedidos diários na chinesa Meituan. Os números por lá são realmente impressionantes: 600.000 entregadores, serviços em mais de 2.800 cidades, 50.000 funcionários, entregas sendo realizadas por robôs em 10 edifícios comerciais e hotéis…

Tudo é relativo

Muitas vezes nos espantamos com uma alta de 10% nas criptomoedas, embora o valor de mercado total delas seja de “apenas” USD 0,25 trilhões. Pra efeito de comparação:

O que isso quer dizer? Nosso mercado ainda é muito novo e pequeno se comparado a mercados tradicionais bem estabelecidos no mundo. Isso nos dá uma gigantesca vantagem competitiva, pois o potencial de crescimento ainda é enorme.

Google afirma ter atingido “supremacia quântica”

Pesquisadores da Google resolveram um problema complexo que levaria milhares de anos pra ser resolvido pelo supercomputador mais poderoso da atualidade. O presidente-executivo Sundar Pichai chegou a comparar a façanha com o lançamento do primeiro foguete que saiu da atmosfera da Terra. Será mesmo que a era quântica chegou?


E aí, gostaram do nosso resumo? Se tiverem dúvidas ou sugestões de temas a serem abordados no mês que vem, comentem aqui embaixo! A opinião de vocês é super importante para nós.