Qual a relação de hard fork e soft fork com as criptomoedas?

A palavra fork pode ter diversos significados, dentre eles destacamos o que está ligado a uma “bifurcação”, que nada mais é do que quando um caminho que, a princípio é um só, se divide em 2, obrigando que algumas partes tenham que escolher qual seguir. Hoje, vamos falar sobre hard fork soft fork.

No mundo das criptomoedas isso é muito comum acontecer, até porque, mudanças acontecem nas diversas redes existentes, principalmente na rede do Bitcoin. Saiba que é muito comum falar de hard fork ou soft fork nesse contexto que explicamos acima.

Mas você sabe realmente o significado de cada um deles, bem como estão relacionados com as criptomoedas? Continue a leitura para entender melhor a diferença entre hard fork e soft fork junto com alguns exemplos práticos desse processo. 

O que é hard fork e soft fork?

Para começar com o pé direito, vamos explicar de forma clara os 2 conceitos de fork. Antes de mais nada, é pertinente voltarmos para explicar um pouco mais da sua definição, dessa vez de forma mais específica para o mundo das criptomoedas. 

Os forks representam as atualizações ou mudanças na rede do blockchain. Para quem ainda não sabe o que é blockchain, é importante dizer que é a principal tecnologia do mundo das criptomoedas, que está, inclusive, por trás do Bitcoin. 

Saiba que um sistema blockchain é formado por uma cadeia de blocos, que consiste em uma sequência deles que contém informações sobre as transações que são efetuadas na rede. Agora, vamos explicar a diferença entre soft fork e hard fork.

Soft fork

Quando ocorre uma mudança na rede e essa alteração é compatível com versões dos blocos anteriores, temos um soft fork. Podemos dizer que é uma alteração sutil, possibilitando que as novas regras possam operar junto com o protocolo antigo da rede.

Tenha em mente que um soft fork não ocorre de um dia para o outro, já que para ser aprovado é preciso que haja um consenso da rede, em que a maioria precisa concordar com essas mudanças. Na prática, será preciso que concordem em receber novos blocos criados que seguirão essas novas regras.

Hard fork

Já o hard fork é uma alteração mais rígida, que gera uma certa incompatibilidade com o passado. Na prática, um bloco que antes poderia ser caracterizado como inválido é considerado válido com essa atualização.

Essa alteração existe para mudar regras que são rígidas, por exemplo, poderia ser a alteração do tamanho de blocos em uma dada criptomoeda. Para que ela ocorra, também é preciso de um consenso da rede, mas como são mudanças mais rígidas, a aprovação é um pouco mais difícil.

Saiba que tanto o hard fork quanto o soft fork são muito presentes no universo do Bitcoin e já geraram muitas outras criptomoedas que vamos falar a seguir.

Qual é a relação do hard fork e soft fork com as criptomoedas?

Agora que você já sabe o que é um hard fork e um soft fork, vamos falar um pouco de como é a relação deles com as criptomoedas. Por ser algo aplicado ao blockchain, o Bitcoin é uma das criptomoedas que mais sofreram com a existência dos forks.

O fato é que ambos precisam do processo de consenso para serem aceitos. No entanto, quando isso não acontece, a única solução existente é a criação de uma nova criptomoeda. 

Isso pode até parecer algo radical demais, mas já existem algumas criptomoedas que foram criadas a partir do Bitcoin nessas situações em que não houve consenso da comunidade como o Bitcoin Cash, o Bitcoin Gold e o Bitcoin Diamond. Vamos falar sobre cada uma delas abaixo!

Bitcoin Cash

O Bitcoin Cash (BCH) é um dos exemplos mais marcantes de impactos de um hard fork. A criptomoeda surgiu entre 2017 e 2018 após a rede do Bitcoin não entrar em consenso em relação à permissão de transações feitas com blocos maiores e, principalmente, aumentar a velocidade do processamento de transações. Isso trouxe como consequência o aumento do número de transações geradas por segundo.

Atualmente, podemos dizer que o BCH é uma das criptomoedas mais promissoras, estando sempre entre as TOP 5 do ranking. Ou seja, é um bom ativo para investir.

Bitcoin Gold

Outra moeda que surgiu em um processo de hard fork é o Bitcoin Gold (BTG). Nesse caso, as mudanças foram um pouco mais bruscas, visto que o algoritmo mudou praticamente todo, ao contrário do Bitcoin Cash que ainda tem o Bitcoin como base no seu código.

A grande motivação para o surgimento do BTG está no seu processo de mineração, que é diferente do Bitcoin. Os criadores do Bitcoin Gold constataram que o processo estava concentrado em muitos pools de mineração e exchanges.

Hoje, o BTG é ideal para quem quer começar a minerar criptomoedas e a tendência é que se valorize nos próximos anos, igual ao que aconteceu com o próprio Bitcoin.

Bitcoin Diamond

Por fim, trazemos aqui o Bitcoin Diamond (BTD) que foi a última moeda que surgiu depois da falta de consenso na rede do Bitcoin. Entre as motivações para a sua criação, não há nenhuma novidade. Foi mais um processo em que existiam queixas do tamanho dos blocos do Bitcoin serem limitados, reduzindo a possibilidade de armazenar mais dados, algo que influencia muito na sua velocidade de transação.

Hoje, o BTD processa transações 5 vezes mais rápido que o Bitcoin e também já vem fazendo sucesso no mercado de criptomoedas. 

Deu para perceber o quanto os processos de hard fork soft fork são importantes no mundo das criptomoedas, não é mesmo? Além de propor mudanças que são bem-vindas para a rede do blockchain, ainda se cria a possibilidade de criar novas moedas virtuais.

Pode parecer pouca coisa, mas isso ajuda o mercado a crescer, expandir as possibilidades e fomentar o investimento em criptomoedas nesse novo mundo em que estamos vivendo, em que é possível utilizar a tecnologia para criar novas possibilidades no mercado financeiro.

Gostou deste post Entendeu a importância dos processos de hard fork soft fork? Se quer saber mais sobre o assunto, não deixe de ler nosso artigo sobre que está acontecendo com as criptomoedasAté a próxima!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.