A ordem a mercado é uma forma comum de negociação de ativos na Bolsa de Valores. No universo das criptomoedas, também existe algo semelhante, a ordem a mercado para Bitcoin.

Se você deseja começar a operar no trade de criptomoedas, entender muito bem esse conceito e saber distinguir os tipos de ordem que existem é fundamental. 

Siga conosco e conheça melhor o tema!

O que é ordem a mercado?

Uma ordem a mercado é quando o investidor especifica apenas a quantidade e as características dos títulos que ele deseja comprar ou vender e a execução é imediata, efetuada no momento do seu recebimento, com o preço determinado somente na hora da execução.

Assim, a ordem a mercado tem como característica a execução no momento em que é recebida e pelo preço atual que os ativos estiverem sendo negociados.

No caso de uma negociação de compra, a ordem é executada pelo melhor preço de venda no momento e, em uma negociação de venda, a ordem é executada pelo preço do melhor comprador.

Quando realiza uma ordem a mercado, o investidor não precisa aguardar para que a ordem seja executada, a operação ocorre de forma instantânea.

O que é ordem a mercado Bitcoin?

No caso do mercado de Bitcoins, também existe a ordem a mercado (ou market order). Ela tem a mesma característica da ordem da bolsa de valores. Ou seja, você pode comprar ou vender Bitcoins no mesmo momento em que clicar no botão na plataforma da sua exchange.

Ao criar esse tipo de ordem, automaticamente, você poderá comprar ou vender Bitcoins, na quantidade que você solicitou e pelo preço atual do mercado.

Por exemplo: vamos supor que você esteja acompanhando o preço do Bitcoin e ele está cotado, no momento, em R$46.487,95, mas você notou indicativos de que o preço subirá para os R$ 47 mil.

Se você deseja comprar neste exato momento e evitar a alta, poderá executar uma ordem a mercado Bitcoin e, automaticamente, a plataforma fará a compra da quantidade de moedas estipuladas pela cotação atual, de R$46.487,95.

É válido destacar que a ordem a mercado não existe apenas para a compra de Bitcoins, mas para todas as criptomoedas que sejam negociadas na exchange que você escolheu.

Para negociar uma ordem a mercado Bitcoin é importante conhecer todos os prós e contras, para evitar perdas ou que seu dinheiro não renda o ideal.

Quais os tipos de ordem existem para compra e venda de criptomoedas?

Além da ordem a mercado, existem outros tipos de ordens – e é importante conhecê-las. Vamos ver algumas disponíveis no mercado de ações e de criptomoedas.

Ordem de limite

A ordem de limite (limit order) é aquela que permite que investidor programe a compra ou a venda para ocorrerem quando o preço de um ativo ou de uma criptomoeda atingir determinado patamar de valor.

No mercado das criptomoedas, nesse tipo de ordem, você consegue limitar o valor a ser pago por um Bitcoin ou outra cripto. Por exemplo, vamos supor que o Bitcoin esteja cotado a R$ 20 mil, mas você está disposto a pagar apenas R$ 19.950.

É possível criar uma ordem de limite com esse valor. Quando (e caso isso ocorra) a cotação atingir o patamar de valor estipulado, a ordem será executada.

A ordem de limite dá ao investidor mais controle sobre o preço máximo a pagar por determinado ativo. Porém, em geral, a taxa cobrada entre essa ordem e a ordem de mercado pode variar. Então, é preciso conferir bem essa informação na exchange antecipadamente.

Ordem Stop-Loss

A ordem stop-loss é a que ajuda você a perder menos dinheiro. Vamos supor que você tenha comprado uma cripto a R$5 e não deseja perder mais do que 10%. Então, você poderá criar uma ordem stop loss de venda de R$4,50.

Quando o preço cair para R$4,50, automaticamente a exchange venderá a sua cripto, encerrando sua posição e limitando o prejuízo na casa dos 10%.

Sempre que for criar uma ordem stop loss, você precisa definir a qual preço venderá o ativo caso o mercado atinja o valor indicado na sua ordem.

Além da venda, também existe a opção de criar uma ordem stop loss para compra. Nesse caso, é preciso definir a quantidade de criptomoedas e o preço que deseja usar como gatilho (que deverá ser superior a cotação atual da moeda). 

Se a criptomoeda subir, o sistema efetuará a compra das criptomoedas imediatamente, pelo valor de mercado.

A ordem stop loss e a ‘a limite’ são parecidas. A diferença é que a ‘a limite’ considera o valor exato que você definiu para realizar a compra ou a venda, enquanto a stop loss considera a transição do preço, bastando que ele passe sobre determinado valor. 

Assim, ao passar pelo preço definido por você no stop, o gatilho da ordem será ativado e ela será executada pelo preço de mercado.

Qual tipo de ordem usar?

Agora que você já entendeu melhor a ordem a mercado, a ordem de limite e a ordem stop loss, pode estar em dúvida sobre qual usar, não é mesmo?

Todas têm suas vantagens e desvantagens – e a escolha dependerá muito das suas estratégias.

A ordem a mercado é mais indicada quando você está acompanhando o preço da criptomoeda e consegue detectar que o momento atual é o ideal para realizar a sua compra ou venda. 

Caso você espere para realizar a ação, poderá ter prejuízo. Então, vale a pena comprar ou vender imediatamente, aproveitando a oscilação do mercado.

Já a ordem limite e a ordem stop loss ajudam você a definir um teto máximo pelo qual deseja pagar por uma cripto ou o quanto está disposto a perder com a desvalorização dela. 

São excelentes alternativas para proteger seu patrimônio ou para comprar criptomoedas por preços mais atrativos.

Como as criptomoedas têm valor bastante variável, devido a forma como seus preços são estipulados, as ordens limite e stop loss são muito interessantes, fazendo com que você não precise ficar acompanhando constantemente as cotações e pensando em estratégias que sejam mais interessantes para seus objetivos financeiros.

Então, é impossível dizermos que a ordem a mercado ou que outros tipos de ordens são melhores ou piores, pois tudo depende da forma como você as utiliza, das suas estratégias e dos seus objetivos financeiros.

A ordem a mercado Bitcoin será adequada para você de acordo com a sua estretégia adotada para administrar seus investimentos.

Como funciona a compra de Bitcoins na BitcoinTrade?

Depois de entender como funciona a ordem a mercado e os diferentes tipos de ordem, que tal colocar nossas dicas em prática e começar a comprar seus Bitcoins?

O primeiro passo é se cadastrar na BitcoinTrade e fazer o depósito para a sua conta. Para fazer isso, é bem simples: acesse o site da BitcoinTrade, clique em “operações” e depois em “depósitos” na barra superior da plataforma. Em seguida, clique no botão azul “depositar reais”.

Escolha o banco de origem do depósito (onde você tem conta), adicione o valor desejado e clique em confirmar. Marque a caixa de confirmação, caso o valor esteja certo, e clique em “enviar intenção de depósito”.

Após a confirmação do seu depósito (que leva menos de 1 hora, de forma geral), o seu saldo será atualizado na plataforma e o dinheiro estará disponível para você comprar criptomoedas.

Ordem a mercado

Para fazer uma ordem a mercado na BitcoinTrade, você deve, primeiro, escolher o montante em reais que deseja comprar. Vamos supor que seja R$50. Em seguida, escolha o tipo “ordem a mercado”. Perceba que, automaticamente, o campo do preço unitário será preenchido.

Na sequência, clique em “comprar Bitcoin” e você receberá um resumo das informações. Se estiver tudo ok, confirme a compra e, imediatamente, o seu saldo será transformado em Bitcoins, sem ter de aguardar as movimentações do mercado.

Ordem de limite

Depois de logar na BitcoinTrade, vá para o Livro de Ofertas. Vamos supor que você tenha um saldo de R$100 e deseja usar metade dele (R$50) para comprar criptomoedas.

Selecione o tipo de ordem “limitada” e escolha o valor que deseja pagar na unidade de Bitcoin. Em seguida, clique em “comprar Bitcoin”.

Uma tela de confirmação aparecerá com o resumo da compra, com o valor em reais, o volume de Bitcoins adquiridos e o preço por unidade a ser pago. Caso esteja tudo certo, confirme o pedido.

Agora é só aguardar o mercado se movimentar. Quando o preço chegar no valor que você estipulou, a ordem será executada automaticamente.

Neste conteúdo, você viu que a ordem a mercado é uma forma de comprar ativos imediatamente. Embora o termo tenha nascido no universo da Bolsa de Valores, ele também é usado para comprar e vender Bitcoins.

A vantagem é que, nesse caso, a operação é realizada imediatamente, sem ter que aguardar a movimentação do mercado. É uma boa ideia para quando você encontra uma oportunidade no mercado momentânea, que precisa ser aproveitada naquele instante.

Outras alternativas são a ordem de limite e a ordem stop loss. Ambas ajudam a proteger o investidor, porque você estipula um teto máximo para a compra ou um limite máximo de perda para a venda, evitando prejuízos. É uma boa ideia para quem não tem como acompanhar constantemente a cotação e a movimentação do mercado.

Agora você já sabe tudo sobre a ordem a mercado? Que tal começar a comprar e vender seus Bitcoins? Cadastre-se na BitcoinTrade e coloque as nossas dicas em prática, operando no universo das criptomoedas com uma das mais seguras e confiáveis exchanges do mercado!

Redator | BitcoinTrade

Breno tem mais de 12 anos de experiência com Marketing Digital. Já passou por grandes varejistas tradicionais e em 2017 se apaixonou pelas criptomoedas. Hoje é responsável pelas estratégias de comunicação e aquisição de novos clientes na BitcoinTrade.