Onde investir meu dinheiro? 5 dicas para fazer a escolha certa

Os brasileiros têm se mostrado cada dia mais interessados em descobrir onde investir dinheiro e fazer suas finanças renderem com as melhores taxas possíveis. O fato é que deixar um montante na poupança já não é uma opção viável para muita gente que acompanha o mercado financeiro, uma vez que seus rendimentos perdem para um número grande de investimentos disponíveis nas corretoras.

A busca por alternativas mais atrativas e rentáveis anda fazendo com que muitas pessoas aprofundem seus conhecimentos em finanças e corram mais riscos.

Quem ainda está iniciando nessa área pode encontrar dificuldades, como: identificar opções atraentes, encontrar corretoras confiáveis e entender o mecanismo de rendimento de cada investimento.

Esses desafios podem ser superados com um pouco de estudo e dedicação ao tema. O planejamento é o ponto de partida para que os objetivos possam ser devidamente alcançados, oferecendo maior facilidade e controle para quem investe.

Se interessou pelo assunto? Confira as 5 dicas sobre onde investir dinheiro que preparamos para você!

1. Defina a sua estratégia

O primeiro passo para garantir que você tenha sucesso nos investimentos é definir uma estratégia. Determinar quanto dinheiro será investido, qual o tempo que ele pode ficar no investimento sem ser retirado e quanto você pretende resgatar ao final do período são algumas das decisões que devem ser tomadas antes de escolher para onde o montante vai.

É importante ter em mente que, geralmente, o dinheiro não se multiplica da noite para o dia. O processo do seu rendimento acontece de forma gradativa e quanto mais você poupar e investir, melhor será o resultado alcançado.

Estabelecer metas de curto, médio e longo prazo também é uma estratégia que deve ser adotada. As metas fazem com que você se lembre constantemente aonde quer chegar e, assim, tenha disciplina e cuidado com a administração dos seus recursos.

Uma boa ferramenta que auxilia na definição das estratégias é realizar um questionário que define o perfil do investidor de acordo com suas características e propensão ao risco. Com o conhecimento adequado, serão maiores as chances de ter sucesso e de poder resgatar bons rendimentos no futuro. 

2. Tenha cuidado com a previdência privada

A previdência hoje é um assunto muito polêmico no Brasil. O desejo de quem trabalha é poder garantir uma vida confortável quando a idade estiver avançada e as limitações impeçam que seja alcançado o mesmo nível produtivo realizado nos dias de hoje.

Acontece que a previdência oferecida pelo governo costuma pagar um valor bem abaixo do que o trabalhador precisaria para manter seu nível de vida. Isso sem falar nas discussões a respeito da possibilidade de que muito em breve o benefício não possa mais ser pago caso não ocorra a reforma previdenciária.

Diante desse contexto, a alternativa que muitas pessoas buscam é colocar o dinheiro em uma previdência privada. No entanto, sabendo que os bancos visam o lucro e podem comprometer bastante os rendimentos do seu investimento, é preciso analisar com cautela os planos de previdência privada oferecidos.

Além disso, as taxas cobradas por quem precisa resgatar o dinheiro antes do prazo estipulado costumam ser extremamente altas e podem comprometer todos os rendimentos. Isso também deve ser considerado por quem pensa em destinar os recursos a esse tipo de previdência.

Existem no mercado algumas alternativas de investimento que podem fazer o papel da aposentadoria. Essas apresentam taxas mais atrativas para quem busca onde investir dinheiro. Fazer pesquisas a respeito dessas opções e fazer tabelas comparativas ajudam a escolher qual é a melhor decisão.

3. Pesquise bem antes de escolher a corretora

Até os investimentos mais simples exigem o intermédio de uma corretora para que sejam realizados. Quem está buscando fugir da poupança precisa pesquisar muito bem a reputação da empresa escolhida para tal, consultando a opinião de clientes e as avaliações disponíveis em plataformas online. 

É importante escolher uma corretora que esteja listada na BM&FBovespa, pois estas são opções certificadas pela instituição — o que garante maior segurança e evita dores de cabeça no futuro.  

4. Escolha onde investir seu dinheiro

Depois de definidas as estratégias e a corretora, é hora de escolher onde investir seu dinheiro. As opções oferecidas são muitas: tesouro direto, ações, letras de crédito, debêntures, fundos imobiliários, criptomoedas, entre outras. 

A escolha deve ser feita a partir da análise dos prazos e taxas de juros oferecidas por cada um. Além disso, com base no seu perfil, a corretora consegue indicar os investimentos mais adequados.

5. Diversifique seus investimentos

Uma premissa básica dos investimentos é “não coloque todos os ovos na mesma cesta”. Imagine que você tenha feito uma compra de supermercado e coloque todos os ovos comprados em um mesmo recipiente. Caso aconteça alguma coisa e esse recipiente, venha a cair no chão, por exemplo, você perde todos os ovos, certo?

A mesma ideia é aplicada na diversificação de investimentos. O dinheiro deve ser dividido entre diferentes opções para que, caso o desempenho de algum não esteja indo tão bem, seu recurso não fique inteiramente comprometido. Outros canais que apresentem resultados melhores podem compensar as perdas e assim criar um cenário de ganhos ou, pelo menos, de equilíbrio.

Uma alternativa que tem chamado bastante a atenção dos investidores é o Bitcoin. Essa é uma moeda que existe apenas no âmbito virtual e não tem sua emissão vinculada a nenhum órgão regulador. 

Sua produção é feita de forma descentralizada, por meio de computadores que criam a moeda por um processo chamado mineração, ou seja, as pessoas usam a capacidade de suas máquinas para produzir Bitcoins. 

Quem não as produz pode comprar a moeda em casas de câmbio especializadas ou, hoje em dia, investir na moeda por meio de corretoras. Os principais benefícios são os altos retornos proporcionados até agora e o fato de que alguns países já aceitam a moeda como forma de pagamento. 

Gostou das dicas? Siga nossas redes sociais (Facebook e LinkedIn)  e aprenda mais sobre onde investir dinheiro. Em nossas páginas são divulgadas informações relevantes quando o assunto é investir e fazer o dinheiro render mais. Não perca esta oportunidade!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"