O que é pirâmide financeira e como não cair neste golpe?

Se você não é expert em finanças, talvez não tenha ouvido falar em pirâmide financeira. Mas é muito provável que já tenha sido convidado, participado ou tenha estado próximo a esse esquema sem saber.

Pirâmide financeira é um esquema criminoso que se baseia em um modelo comercial insustentável, dependendo do recrutamento recorrente e progressivo de novas pessoas para se manter.

Como a pirâmide financeira funciona?

O conceito de pirâmide tem como maior caraterística processos comerciais que oferecem como principal receita a remuneração pela indicação de novos membros. E a entrada dessas pessoas só é formalizada através do pagamento de uma taxa para ingresso no negócio.

O investimento inicial é relativamente baixo e a promessa de ganhos costuma ser desproporcional. Além disso, as operações costumam não oferecer informações claras sobre o risco do investimento e sobre o histórico da empresa. Operações como essas costumam atrair, sobretudo, pequenos investidores.

O conceito da pirâmide está relacionado ao processo de venda no qual, no topo da pirâmide, está o primeiro vendedor do produto, no seguinte está o grupo de pessoas convidadas por ele e assim sucessivamente. O degrau inferior sempre mantém a sustentação do degrau superior. 

Isso significa que o valor aplicado pelos novos investidores serve como pagamento aos que os recrutaram. Assim o dinheiro segue o caminho para o topo da pirâmide, deixando os investidores nos degraus mais baixos dependentes do recrutamento de novas pessoas para ter retorno sobre o seu investimento. Quando o sistema perde a capacidade de recrutamento de novos membros, toda a pirâmide financeira entra em colapso e os investidores ficam no prejuízo.

Como identificar uma pirâmide financeira

A principal característica é a  necessidade de investir um valor para entrar no negócio, que geralmente é desproporcional ao praticado no mercado.

Além disso, algumas características podem ajudá-lo a identificar um esquema de pirâmide financeira, confira a seguir:

  • vendas exageradas, com valores de produtos incompatíveis com o mercado;
  • promessas de rendimentos altíssimos e ilimitados, desproporcionais ao valor do produto;
  • poucas informações disponíveis sobre a empresa;
  • uma renda que se baseia especialmente no recrutamento de novos associados para o esquema, em vez da venda dos produtos em si;
  • oferecimento de garantias de que é legal (lícito) participar do negócio;
  • tendência de que só os primeiros associados tenham uma renda verdadeiramente vantajosa.

Como evitar cair em uma pirâmide financeira

A principal dica para evitar cair neste tipo de golpe é ficar atento às características citadas e desconfiar de promessas exageradas. Antes de ingressar ou investir em qualquer negócio é importante também buscar informações com pessoas que conheçam o mercado e finanças.

Notícias de sites confiáveis e artigos de especialistas também são boas fontes de informação, pois trazem explicações aprofundadas sobre investimentos idôneos e sobre esquemas de pirâmide.

Bitcoin não é pirâmide financeira 

Muitas pessoas acreditam que o Bitcoin seja um esquema de pirâmide financeira e esse conceito errôneo tem se espalhado, principalmente entre aqueles que desconhecem as criptomoedas e o seu significado dentro do mercado financeiro mundial.

Este entendimento está errado, primeiro porque nada relacionado ao Bitcoin é segredo. Diferente dos esquemas de pirâmide, no Bitcoin as informações são abertas e qualquer pessoa pode ter acesso ao código, analisando ou contribuindo para o mesmo. Além disso, todo o histórico e operações também estão disponíveis para qualquer pessoa.

O Bitcoin é uma moeda virtual e o seu preço está relacionado à oferta e demanda, desta forma a obtenção de lucro depende da valorização e do sucesso na negociação da dessa criptomoeda e não da participação de novos investidores. Não existe lucro mínimo garantido, a valorização ou desvalorização da moeda dependem das variáveis do mercado, como diversos investimentos de risco. 

Mesmo assim, alguns esquemas de pirâmide tentaram se apropriar da alta valorização do Bitcoin e foram responsáveis pelo prejuízo de inúmeros investidores. De modo geral, esses esquemas prometiam lucro mínimo garantido e o pagamento de comissões pela indicação de novos investidores para os esquemas.

Se você tem dúvidas se pode estar em uma plataforma idônea de compra e venda de Bitcoins ou em um esquema de pirâmide,pesquise e converse com investidores mais experientes. 

Gostou deste artigo? Compartilhe nas redes sociais e ajude outras pessoas a não caírem neste golpe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.