Em 1930, Goichi Hosada, um jornalista japonês, criou uma estratégia inovadora de trading, chamada Nuvens de Ichimoku. Contudo, essa estratégia apenas foi publicada em 1969, depois de décadas de aperfeiçoamento e estudos. Hosada nomeou o novo método como Ichimoku Kinko Hyo (em português, gráfico de equilíbrio em um piscar de olhos), contudo o termo Nuvens de Ichimoku ficou mais conhecido.

Embora seja composto de cinco curvas, as nuvens são as que mais chamam a atenção neste método. Enquanto no Candlestick os preços de abertura e fechamento são os pontos mais importantes, nas nuvens de Ichimoku a ênfase são os preços máximos e mínimos, ou melhor, os pontos médios entre as duas variantes.

Quer entender melhor? Siga a leitura!

O que são nuvens de Ichimoku?

As nuvens de Ichimoku ou Ichimoku clouds compõem um método de análise técnica que combina vários indicadores em um só gráfico.

Pode ser usado como uma ferramenta de previsão (muitos traders usam as nuvens na tentativa de determinar tendências futuras, momentum e dinâmica do mercado) ou em gráficos de candlestick (ferramenta de trading que fornece insights sobre zonas de suporte e de resistência).

Como funcionam as nuvens de Ichimoku?

O método de Ichimoku mostra dados com base nos indicadores leading e lagging, que podem ser traduzidos como adiantados e atrasados, respectivamente. O gráfico é composto por cinco linhas:

1)    Tenkan-sen (Linha de Conversão): é calculada somando os valores mais altos e mais baixos dos últimos 9 períodos, dividido por 2;

2)    Kijun-sen (Linha de Base): média móvel de 26 períodos, o cálculo é feito somando 26 períodos de alta com 26 períodos de baixa e dividindo o resultado por 2;

3)    Senkou Span A (Linha Adiantada A): é formada pela junção da Tenkan-sen com a Kijun-sen, dividindo o total por 2. O cálculo é feito para os 26 períodos à frente;

4)    Senkou Span B (Linha Adiantada B): é calculada somando-se 52 períodos de alta com 52 períodos de baixa e dividindo o resultado por 2. O cálculo é feito para os 26 períodos seguintes;

5)    Chikou Span (Linha de Atraso): preço do fechamento do período atual projetada 26 períodos no passado.

O padrão do gráfico são as nuvens exibidas em verde ou em vermelho, facilitando a leitura. A nuvem verde é criada quando Senkou Span A é maior que Senkou Span B. Uma nuvem vermelha é ao contrário.

Diferentemente dos outros métodos, as médias móveis usadas não se baseiam nos preços de fechamento das velas, como ocorre no gráfico candlesticks, mas sim são calculadas com base nos pontos de alta e de baixa registrados em um determinado período – o que gera a média chamada high-low average, ou, média alta-baixa.

Modelo de Nuvens de Ichimoku. Fonte da imagem: Melhores Brokers

Exemplo de análise das linhas

Vamos dar dois exemplos para facilitar a compreensão e o entendimento das linhas. Se você está em busca de uma situação ideal para compra, ela poderá acontecer quando:

Já uma situação ideal de venda seria aquela em que:

Então, basicamente temos que:

As nuvens de Ichimoku podem ser usadas como uma ferramenta de previsão

A Linha Tenkan-Sen

Essa linha é o ponto médio dos preços mais altos e mais baixos de um ativo e espelha, nos últimos nove períodos, um relatório sobre a volatilidade dos preços.

Caso a Tenkan suba, isso indica que os pontos altos e baixos das últimas 9 velas estão aumentando. Se a Tenkan cair, os pontos altos e baixos das últimas 9 velas estão diminuindo.

Na situação do mercado parar de subir ou descer, a Tenkan irá permanecer plana.

A Linha Kijun-Sen

A Kijun-Sen reflete o preço médio dos últimos 26 períodos e é um indicador da dinâmica de preços a curto e médio prazo. Ela nos informa sobre a volatilidade do preço a longo prazo.

Se a Kijun subir, indica que os pontos altos e baixos das últimas 26 velas estão aumentando. Se a Kijun descer, significa que os pontos altos e baixos das últimas 26 velas estão diminuindo.

Quando o mercado para de subir ou de descer, a Kijun permanece plana.

A Linha Chikou Span

A Linha Chikou permite que os traders visualizem a relação entre as tendências atuais e anteriores, além de identificarem possíveis reversões de tendência. Chikou representa o preço deslocado para a esquerda de 26 períodos – é a imagem espelhada do preço, porém deslocada em 26 períodos.

Assim, ela permite comparar a situação atual dos preços com a situação de 26 períodos atrás. A quebra da Chikou em comparação a outros níveis confirma uma nova tendência e o seu potencial.

Como configurar as nuvens de Ichimoku?

Após anos de muito estudo e vários testes, o criador das nuvens de Ichimoku notou que as configurações 9,26 e 52 tiveram resultados melhores. Naquela época, o horário comercial japonês incluía os sábados, então 9 representava uma semana e meia (6 + 3 dias), 26 representava 1 mês e 52, 2 meses.

Essas configurações até hoje são as favoritas em muitos contextos de trading, porém é possível ajustá-las dependendo das suas estratégias. Para as criptomoedas, por exemplo, é comum ajustar as nuvens de Ichimoku para refletir os mercados 24/7, alterando 9,26 e 52 para 10,30 e 60.

Existem traders, ainda, que preferem as configurações 20, 60 e 120, como uma maneira de diminuir os falsos sinais.

Também chamadas de Ichimoku clouds, as Nuvens partem da combinação de vários indicadores em um único gráfico.

Como analisar a nuvem de Ichimoku?

Como as Nuvens de Ichimoku são formadas por inúmeros elementos, elas também são capazes de produzir sinais distintos. Basicamente, eles podem ser divididos em: momentum (momentum signals) e de tendência (trend-following signals).

Sinais de momentum

São aqueles gerados de acordo com a relação entre o preço de mercado, a Linha Base (Kijun-sen) e a Linha de Conversão (Tenkan-Sen).

Os sinais de momentum de alta ocorrem quando uma ou as duas Linhas de Conversão e preço de mercado se movem acima da Linha de Base. Já os de baixa acontecem quando ambas as Linhas de Conversão e o preço de mercado se movimentam para baixo da Linha de Base.

Se a Linha de Conversão e a Linha Base se cruzarem, temos o que chamamos de cruzamento TK.

Sinais de tendência

São aqueles gerados de acordo com a cor da nuvem e com o posicionamento do preço de mercado em relação à nuvem. A cor da nuvem reflete a diferença entre as Linhas Senkou Span A e B (Linhas Adiantadas A e B).

Se os preços estiverem consistentemente acima das nuvens, há uma grande probabilidade de o ativo estar em uma tendência de alta. Já as movimentações de preços abaixo das nuvens indicam uma tendência de baixa.

Na maioria das vezes, a tendência pode ser neutra ou plana quando os preços realizam movimentos paralelos à nuvem.

Uma forma de analisar possíveis reversões à tendência é usando a Chikou Span (Linha de Atraso). Ela fornece insights em relação à ação do preço, o que ajuda a confirmar uma tendência de alta (ao se mover acima dos preços de mercado) ou de baixa (quando se movimenta abaixo). O Chikou Span costuma ser empregado junto de outros componentes das Nuvens de Ichimoku.

Níveis de suporte e resistência

A Senkou Span A (Linha Adiantada A) funciona como uma linha de suporte nas tendências de alta e como uma linha de resistência nas tendências de baixa. Nas duas situações, os candlesticks tendem a se aproximar da Senkou Span A.

Contudo, se o preço se movimentar em direção à nuvem, a Senkou Span B (Linha Adiantada B) pode atuar como linha de suporte/resistência. Como ambas são projetadas 26 períodos no futuro, elas permitem que os traders antecipem potenciais zonas de suporte e de resistência.

Força do sinal

As forças dos sinais dependem do alinhamento desses sinais com a tendência ampla. Se o sinal fizer parte de uma tendência maior e definida, ele será mais forte do que o que surge de forma breve em oposição à tendência predominante.

Em outras palavras, um sinal de alta poderá ser “falso”, caso não esteja acompanhado de uma tendência de alta. Então, sempre que um sinal for gerado, você deverá analisar a cor e a posição da nuvem, além do volume de trading.

O uso das nuvens de Ichimoku com um período mais curto possui uma tendência maior aos falsos sinais e ao excesso de ruído. Normalmente, prazos maiores (gráficos mensais, semanais e diários) produzem momentum e sinais de tendência mais confiáveis.

Como você viu neste conteúdo, as Nuvens de Ichimoku são excelentes ferramentas para ajudar na identificação de sinais de compra e venda, além de auxiliarem na detecção de correções e a ter uma visão geral do sentimento do mercado.

Se usadas corretamente, as nuvens ajudam a melhorar a taxa de risco-recompensa para as operações, podendo ser usadas tanto para ações na Bolsa, como para o universo das criptomoedas.

Gostou dessas dicas? Já sabe tudo sobre Nuvens de Ichimoku? Assine a nossa newsletter e receba diretamente os conteúdos do blog no seu e-mail!

Redator | BitcoinTrade

Breno tem mais de 12 anos de experiência com Marketing Digital. Já passou por grandes varejistas tradicionais e em 2017 se apaixonou pelas criptomoedas. Hoje é responsável pelas estratégias de comunicação e aquisição de novos clientes na BitcoinTrade.