Entenda como funciona o processo de emissão de moeda

Você sabe como funciona a emissão de moeda? Esse assunto gera bastante curiosidade e dúvidas nas pessoas, já que poucos sabem como funciona o processo de emissão de moeda de um país.

Emitir moeda significa colocar mais moeda em movimento, ou seja, à disposição da sociedade e dos bancos. A circulação delas no país se dá de duas maneiras: impressão de cédulas e cunhagem de moeda metálica e operações de crédito através do banco central e outros bancos.

Neste artigo vamos explicar as diferenças nas atribuições da Casa da Moeda e do Banco Central e apresentar 4 curiosidades sobre o processo de emissão de moeda.

Qual a diferença entre a Casa da Moeda e o Banco Central?

Não podemos falar da diferença entre a Casa da Moeda e o Banco Central sem falarmos da diferença entre fabricação e emissão de moeda. A emissão de moeda é um processo econômico, é colocar a moeda em circulação. Já a fabricação da moeda é um processo físico, é a confecção da peça de metal ou papel que será usada como meio de pagamento de obrigações.

Só a fabricação de moedas não produz efeitos, visto que aquelas moedas ou notas só possuirão valor a partir do momento que forem colocadas em circulação. Os agentes responsáveis por esse processo são a Casa da Moeda e o Banco Central. Enquanto o Banco Central é encarregado de emitir as moedas, cabe à Casa da Moeda a fabricação das notas de papel ou moedas de metálica.

Por que o país não produz mais dinheiro em época de crise?

Uma dúvida frequente, quando se fala de emissão de moeda, é por que o governo não aumenta a produção de dinheiro. A resposta é simples: é possível produzir mais dinheiro, porém não é aconselhado. Com mais dinheiro em circulação, a população passaria a consumir mais do que o mercado consegue produzir. O efeito disso seria o aumento da inflação e isso contribuiria para um desequilíbrio da economia.

Quais são as formas do dinheiro?

O dinheiro pode se mostrar em diversas formas: contratos e títulos de crédito, moedas oficiais emitidas pelo governo, objetos de valor, mercadorias e metais. Existe também o uso do dinheiro como registro digital financeiro, também conhecido como conta bancária e todos os métodos que o englobam, como cartões de crédito e débito, cheques e dinheiro digital, como o Bitcoin.

Como é definido o valor do dinheiro?

O valor do dinheiro é determinado pela sua reputação, aceitação, confiabilidade e estabilidade. A inflação é um fenômeno que permanentemente altera o valor da moeda, e isso se deve à desigualdade entre a quantidade de moeda emitida e a criação de valor pela sociedade.

Como surgiu o dinheiro?

A moeda surgiu da necessidade de se trocar mercadorias. Antes da criação do dinheiro havia o escambo, em que mercadorias eram trocadas por outras mercadorias. Porém, a troca não era justa, já que não existia uma medida padrão de valor. A partir desses obstáculos surgiu a moeda de metal, o papel-moeda e o dinheiro eletrônico.

Agora que você já sabe como funciona o processo de emissão de moeda, entenda como funciona o mercado financeiro online.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"