Quem opera no mercado tradicional ou de criptomoedas provavelmente já ouviu falar em Day Trade, Swing Trade e Position Trade, mas você sabe qual é a diferença entre essas três formas de operar?

Em primeiro lugar, é necessário entender o significado de trader. A palavra vem do inglês “trade”, e em português significa comércio ou negócio. Logo, o trader é o profissional que realiza a compra e venda de ativos ou de ações, seja na bolsa de valores ou no mercado de criptomoedas, buscando ganhar dinheiro no curto, médio ou longo prazo. 

Muitas pessoas acham que é fácil ser um trader, mas como qualquer outra profissão, é necessário estudar e saber aplicar o conhecimento na prática.

Entre as principais práticas de trade, existem as de day trade, swing trade e position trade. Cada uma delas tem suas próprias características. 

Entender sobre essas formas de operar é fundamental para que você consiga identificar qual delas se encaixa no seu perfil. Siga a leitura para aprender mais sobre cada tipo de trading!

Day Trade

Quando nos referimos às pessoas que realizam operações de compra e venda que duram apenas um dia, estamos nos referindo ao day trade.

Essa forma de operar exige atenção total do trader, e um conhecimento aprofundado do mercado, visto que é preciso estar o tempo inteiro atento aos movimentos do mercado, já que as variações são muito maiores durante o dia. 

Como day trade faz várias negociações durante o dia, focando em obter lucro no volume, esse tipo de operação possui um risco maior de perda, por isso é indicado aos traders profissionais. 

O day trader precisa ter uma estratégia definida, saber fazer análise de gráficos, e deve estar sempre atento aos acontecimentos, já que qualquer notícia pode impactar o mercado. 

Swing Trade

O swing trade faz movimentações que vão além de um único dia, geralmente sendo realizadas em algumas semanas. Esse modo de operar permite ao swing trader fazer um estudo maior sobre o ativo ou a ação, e traçar uma estratégia com uma margem um pouco maior de segurança. 

Esse modo de operar é recomendado para quem quer obter lucro no curto prazo, fazendo uma análise um pouco mais aprofundada do mercado. 

Position Trade

Por último, o position trade faz uma estratégia mais prolongada, que visa o longo prazo, podendo levar meses e até anos. Nessa posição, o trader compra ações ou criptomoedas sem uma data determinada para a sua venda.

Esse tipo de operação exige menos do trader, já que ele não terá que se preocupar em fazer análises gráficas diárias. Sendo assim, essa é uma boa opção para quem não tem muito tempo livre. 

Outro ponto positivo, é que como o position trader realiza menos operações, ele consegue economizar no gasto com as tarifas.

Para entender se o position trade é uma boa alternativa para os investimentos em criptomoedas, acesse este artigo.

Destaco, que cada uma dessas modalidades de trading tem suas vantagens. O swing trade é uma boa opção para ter rendimentos satisfatórios em menos tempo. Já o day trade, garante liquidez, já que as operações acontecem ao longo de um dia, e o position trade, é a melhor opção para quem pensa a longo prazo.

Redatora | BitcoinTrade

Flávia é jornalista e atua no mercado de criptomoedas desde o início de 2019. Já trabalhou em grandes emissoras de televisão, como repórter e apresentadora. Atualmente a jornalista que é apaixonada por criptomoedas  apresenta os programas da BitcoinTrade, com o objetivo de educar os investidores sobre este mercado.