As expressões Bull Market e Bear Market são muito comuns para os investidores que operam na Bolsa de Valores. Apesar de os nomes serem parecidos, o significado indica o oposto. Ou seja, o Bull Market indica a tendência alta no preço das ações no mercado, já o Bear Market significa a queda das criptomoedas.

Existem várias teorias de surgimento desses termos, mas, de forma geral, eles representam os animais que atacam as suas presas. Os touros indicam o gráfico de ações que estão crescendo, como eles jogam as suas presas para o alto com os chifres. Já os ursos indicam os papéis que estão em queda, da mesma forma que eles sufocam as vítimas com as suas patas em direção ao chão.

Ficou confuso? Não se preocupe! Continue a leitura que vamos tirar todas as suas dúvidas quanto a essa tendência e como ela se relaciona com o mercado das criptomoedas. Vamos lá?

O que é Bull Market e Bear Market?

Esse termo é utilizado para mostrar que o mercado está em alta e que essa tendência vai permanecer por um tempo. Ele é muito usado para quem opera com criptomoedas, ações, commodities, mercado imobiliário, dentre outros. O seu termo faz analogia com o touro, pois esse animal, ao capturar a sua presa, a joga para o alto usando o chifre.

Já o Bear Market é considerado como o urso por sufocar a sua presa no sentido do chão. Ou seja, ele indica que o mercado está passando por uma queda, seja pela inflação alta, PIB (Produto Interno Bruto) em declínio, altas taxas de desemprego, dentre outras. Com isso, os preços caem drasticamente, além de perder a confiança dos consumidores e dos investidores no mercado.

Como identificar a tendência geral do mercado?

Como citado acima, o urso e o touro refletem as expectativas do mercado de modo geral. Os investidores conseguem identificar as tendências econômicas de curto a longo prazo, assim, podem analisar se é um bom momento ou não para investir em moedas digitais, por exemplo.

Quando o mercado estiver indicando o Bull Market, os investidores certamente vão querer adquirir ações, Bitcoins e imóveis, por ser um momento otimista. Contudo, esse movimento faz com que os preços subam, devido ao aumento significativo da demanda. Então o ideal é identificar rápido esse momento e já fazer a compra, assim, garante-se a rentabilidade.

Caso você não tenha identificado a tempo, o ideal é esperar para comprar quando ocorrer novamente essa tendência. Fuja de maus negócios que façam que você perca dinheiro, pois logo após um momento de alta aparece um urso. E nesse momento você não pode ficar descapitalizado.

Quando o urso chega, ele espalha o sentimento de ceticismo e desconfiança para os investidores. Dessa forma, muitos correm para vender as suas criptomoedas para evitar prejuízos, pois o seu preço cai com a alta demanda de venda. Então, se você tiver com dinheiro em caixa, esse é o momento ideal de comprar as moedas digitais para investimentos de longo prazo.

Vale ressaltar que ao diversificar os seus investimentos (Bitcoin, Ethereum, Ripple e Litecoin, por exemplo) você consegue sofrer menos com essas oscilações de touro e urso no mercado econômico. Além disso, você pode esperar o momento ideal para vendê-las, ou seja, quando elas estiverem em alta.

Da forma como mencionamos, os termos Bull Market e Bear Market estão diretamente relacionados ao mercado das criptomoedas. Mas, vale lembrar que é importante você entender todas as variáveis de uma moeda digital e as expressões utilizadas na Bolsa de Valores antes de investir o seu dinheiro. 

Agora que você aprendeu sobre as expressões Bull Market e Bear Market, que tal partilhar esse conhecimento com os seus familiares e amigos? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e mostre que está por dentro das moedas digitais e das principais tendências do mercado!