Converter Criptomoeda: como transformar moeda virtual em dinheiro vivo

Entender a cotação de uma criptomoeda e como transformar essa quantia em dinheiro convencional são desafios de muitos investidores. Existem diversas alternativas para facilitar esse cálculo, assim como para simplificar a retirada desses valores e realizar o câmbio para as moedas tradicionais.

Neste post, vamos entender primeiro como funciona a cotação do Bitcoin e, em seguida, descreveremos como converter Bitcoin em real, além das particularidades envolvidas, como as taxas, prazos e uma maneira de sacar esses valores. Continue lendo e confira!

Qual o real valor do Bitcoin?

O preço da moeda muda seguindo as leis do mercado (oferta e demanda), semelhante a qualquer outro produto. Por exemplo, o valor da cotação do Bitcoin será a quantia descrita nas ordens de venda que estão sendo executadas naquele momento.

Imagine que a cotação do Bitcoin é de R$ 12 mil em dado instante. Isso significa que existem vendedores pedindo esse valor, nas ordens de venda, e há compradores aceitando a negociação por meio de ordens de compra preenchidas nessa cotação. Não existe, portanto, algo como “o real valor do Bitcoin”, assim como não existe, por exemplo, o real valor de um imóvel.

Vamos supor que você tenha comprado uma casa por R$ 500 mil. Um tempo depois o governo anuncia que fará um viaduto que vai passar bem em frente à sua casa, o que provavelmente vai deteriorar a região. Nesse caso, dificilmente você vai encontrar um outro comprador disposto a pagar o mesmo valor que você desembolsou pelo imóvel e, caso queira mesmo vendê-lo, é bem provável que tenha que baixar o preço pedido.

O contrário também pode acontecer. Uma empresa pode decidir construir um shopping perto da sua casa, por exemplo, valorizando a região como um todo. Imóveis semelhantes aos seus, que eram comercializados na vizinhança por R$ 500 mil, passam a conseguir comprador por R$ 600 mil.

Assim, o limite de preço de qualquer produto é o quanto o comprador está disposto a pagar, e ele varia, como dissemos, de acordo com a lei da oferta e da demanda.

Vale lembrar, no entanto, que o Bitcoin é um recurso limitado, diferentemente de outras moedas, que podem ser emitidas de acordo com a determinação dos governos. No caso do Bitcoin, especialistas estimam que a produção da moeda se encerrará definitivamente por volta do ano 2140.

Como converter Bitcoin em real?

A operação financeira que tem o objetivo de converter uma moeda em outra é chamada de câmbio. Assim, a nomenclatura vale também para as criptomoedas.

Diferentemente do que muitos acreditam, não se trata de uma troca, mas de uma operação de compra e venda. Na verdade, paga-se uma taxa de câmbio para adquirir certa quantia da moeda desejada.

Assim, a conversão de Bitcoin em real é, na realidade, uma venda de Bitcoin paga em reais. Existem diversos sites e aplicativos que possibilitam visualizar cotações em tempo real.

Primeiramente, é preciso utilizar uma plataforma que permita transferir esses valores para uma conta bancária. Geralmente, esse tipo de ferramenta possibilita a consulta do saldo, em reais e criptomoedas, e a negociação — compra e venda. Abaixo você verá 5 passos simples para realizar esse processo.

Vale destacar também que, para comprar criptomoedas, há plataformas que permitem transferir valores para a transação por meio de cartões de crédito, como o caso da plataforma da BitcoinTrade.

1. Acesse sua carteira virtual

A primeira coisa a fazer para converter Bitcoin em real é acessar a sua carteira virtual, verificar o saldo e definir quanto quer vender. Lembre-se de que o saldo é atualizado todo dia útil, de acordo com a variação da criptomoeda.

Mantenha essa janela aberta, porque você ainda vai precisar dela logo adiante.

2. Transfira os Bitcoins para uma plataforma de negociação

Boas plataformas criam uma carteira virtual no momento do cadastro do cliente, sendo possível transferir valores de outras carteiras, negociá-los ou sacá-los na sua conta no banco.

Assim, após definir quanto vai vender, transfira a quantidade de Bitcoins desejada da sua carteira virtual para a carteira virtual na plataforma de negociação (exchange) de sua escolha.

3. Cadastre sua conta bancária

O passo seguinte é cadastrar uma conta bancária de mesma titularidade, necessária para resgatar as moedas virtuais convertidas em dinheiro vivo. Quando você solicitar o saque, é para essa conta que o valor da venda será transferido.

4. Coloque a ordem de venda

Assim como no mercado de ações, você precisa inserir uma ordem de venda para as criptomoedas. Existem diversas formas de fazer isso, mas vamos destacar as duas principais:

  • a mercado: você informa a quantidade que deseja vender e a transação é feita na cotação de mercado que está sendo praticada naquele momento;
  • preço mínimo: além de informar a quantidade que quer vender, você determina também qual o preço mínimo que aceita receber pela moeda. Nesse caso, a transação só será efetuada quando a cotação da moeda atingir o patamar que você estabeleceu.

5. Solicite o saque

O último passo é vender os Bitcoins para obter o valor em reais e solicitar o saque bancário. Pronto, basta retirar o dinheiro!

Existem taxas e prazos?

Para ilustrar os custos e a periodicidade desses casos, utilizamos os números da plataforma da BitcoinTrade como exemplo.

Depósitos

Para realizar depósitos em reais para comprar as moedas, há apenas os custos praticados pelo seu banco, que, inclusive, podem ser cobrados por meio do cartão de crédito, como mencionado. O tempo de liberação da transação é de cerca de 20 minutos até 1 dia útil, dependendo da forma escolhida.

No momento do depósito, é importante atentar-se à oscilação do preço da moeda virtual, pois você pode depositar na cotação atual e, em seguida, esse valor subir, então a quantia não será suficiente para comprar as criptomoedas desejadas originalmente. Dessa maneira, depositar um valor superior é uma boa prática.

Saque

A retirada de recursos para a conta bancária tem uma taxa fixa de R$ 4,90 + 0,99% do valor sacado. A quantia também estará disponível na conta em até 1 dia útil.

As operações de saque de criptomoedas da carteira virtual têm valores variáveis, determinados pelos mineradores do blockchain. Já os depósitos não apresentam custo.

Existe ainda uma taxa para as ordens de negociações que são executadas.

Há burocracia?

A documentação exigida para a negociação de criptomoedas é bem simples. As exigências para a utilização dos serviços de saque e aumento dos limites são:

  • envio de um documento de identificação;
  • comprovante de endereço;
  • dados bancários vinculados ao CPF do titular.

O que posso comprar com Bitcoins?

A recente popularização dos Bitcoins também tem levado diversas empresas a aceitarem a moeda como meio de pagamento. Já é possível, por exemplo, comprar jogos digitais, pagar cursos, registro e hospedagem de sites, passagens aéreas, diárias em hotel e até dar entrada em um imóvel usando o Bitcoin, sem a necessidade de converter para a moeda local.

Para ter uma ideia, até a Amazon já aceita pagamento em Bitcoin e oferece descontos a partir de 15% para quem opta por esse tipo de transação. Para isso, você precisa criar uma Lista de Desejos na Amazon e usar o purse.io.

Uma das principais vantagens de usar a moeda digital nas transações é que você não perde o valor da conversão do Bitcoin na moeda local. Assim, se fosse pagar uma diária de hotel nos Estados Unidos, você teria que converter real em dólar no seu cartão de crédito, e as cotações praticadas, em geral, não são muito favoráveis para o usuário.

Tornar uma moeda virtual algo palpável pode parecer algo irreal devido à natureza nova desse tipo de dinheiro. Também há desconfiança ao converter criptomoeda, pois é comum que investidores tenham errado no passado, por não considerar a volatilidade (oscilações no preço), por exemplo. Porém, fazendo essas considerações, você estará apto a realizar essa ação com mais segurança.

E aí, gostou de saber como converter Bitcoin em real? Aproveite e confira também como declarar moedas digitais no Imposto de Renda!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.