Com as mudanças no comportamento das pessoas e o avanço da tecnologia, o modo como interagimos com o mundo vem sendo transformado drasticamente. Um bom exemplo disso é como realizamos os pagamentos das nossas compras — as cédulas e moedas foram trocadas por cheques, depois veio o uso dos cartões e a novidade da carteira digital.

A carteira Bitcoin tem semelhanças com a carteira tradicional de dinheiro, porém, nela, o armazenamento é virtual. Dessa maneira, ela guarda as informações da identidade do usuário e seus dados financeiros, além de permitir várias operações de maneira mais rápida e cômoda.

Pensando nisso, neste post, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre o assunto, destacando o que é a carteira digital, quais tecnologias estão relacionadas a esse sistema e quais são as vantagens que ela oferece. Boa leitura!

O que é carteira digital?

Caso você pretenda usar Bitcoin ou outra moeda virtual, como Ethereum, Ripple e Litecoin, precisará de uma carteira digital. Ela nada mais é que um software usado para armazenar as chaves públicas e privadas para os consumidores interagirem com a rede Bitcoin (Blockchain). Assim, você consegue receber, pagar, transferir e monitorar seu montante.

Como funciona uma carteira Bitcoin?

Ao contrário das carteiras físicas, a carteira digital não armazena a criptomoeda. A rede de Bitcoin é como um banco de dados com transações descentralizadas que ocorrem ao redor do mundo, no qual cada registro contém um endereço de origem, um de destino e uma quantidade de moeda virtual a ser transferida.

Tudo isso é fundamentado por arquivos contendo sequências únicas de caracteres, chamadas de par de chaves. A chave pública, como o próprio nome diz, é acessível publicamente para formar o seu endereço, já a chave privada confirma a posse sobre seu saldo. Dessa maneira, se alguém enviar uma moeda digital para o seu endereço, você só pode utilizá-la se tiver a chave privada.

Ela deve ser armazenada em uma carteira digital segura, pois, como visto acima, é ela que dá acesso a todos os dados dos seus fundos de Bitcoin. Por isso, é importante escolher o tipo da carteira baseando-se na rede que será utilizada para realizar as transações envolvendo moedas digitais.

Quais são as vantagens de usar essas carteiras?

Com a facilidade de utilização das carteiras digitais, percebe-se que o dinheiro tradicional se tornará desnecessário, uma vez que transações financeiras com as moedas virtuais podem ser realizadas por meio do smartphone, que é um dispositivo que se tornou indispensável no dia a dia das pessoas.

Outra vantagem da utilização da carteira Bitcoin é a segurança, pois existem inúmeras empresas que são referências no ramo e usam o sistema para criptografar as informações financeiras e pessoais, mantendo-as em segurança, além de monitorar as transações constantemente em sigilo, visando evitar fraudes e roubo de dados.

Como as suas informações são salvas na carteira digital, não é necessário inseri-las ao realizar cada transação, pois elas são mantidas nesse software de forma confidencial. Vale ressaltar que elas não serão repassadas ao vendedor, somente liberarão o pagamento.

O uso de carteira digital pode beneficiar as pessoas que fazem pagamentos em moedas diferentes, pois já existem aquelas que oferecem o serviço de conversão de moedas com taxas que favorecem o usuário. Outro grande atrativo é a facilidade da transferência de moedas online, pois na carteira tradicional é preciso enfrentar burocracia e, em alguns casos, longas filas nos bancos.

Como pôde perceber, elas são extremamente práticas e podem ser utilizadas em uma grande variedade de segmentos, como no setor de alimentação, moda, viagem, beleza, educação, saúde, entretenimento, entre outros.

Quais são os principais tipos de carteira digital?

Agora que você já sabe o que é, como funciona e quais são as vantagens de utilizá-la, confira abaixo os principais tipos de carteira digital.

Desktop

Esse tipo de carteira é instalado no seu computador ou notebook, ou seja, você tem a posse absoluta das suas chaves privadas, pois elas são armazenadas no disco rígido do seu dispositivo. Ela é considerada mais segura, porque a única brecha para roubo seria um ataque de um hacker ao seu computador.

Mobile

São aplicativos para smartphone ideais para quem usa Bitcoins e outras moedas virtuais diariamente. Ele armazena as chaves privadas e autoriza transações por meio da leitura de um QR Code. Esse tipo de carteira digital tem o mesmo risco de segurança do desktop, mas é preciso mais cuidado. Caso você perca seu dispositivo, consequentemente perderá as criptomoedas armazenadas nele. O ideal é transferir para ele somente o valor que será usado no dia.

Online

Essa carteira funciona de forma similar a qualquer serviço de Internet e é muito prática por permitir o acesso em diversos dispositivos. A sua chave privada é guardada em um servidor na nuvem, no qual você tem acesso à sua conta por meio de nome de usuário e senha. Apesar da praticidade, deve ser analisada a segurança, pois os dados ficam por conta do fornecedor do serviço, então, se o seu servidor for hackeado, você será exposto.

Hardware

São dispositivos que guardam a sua chave privada totalmente offline, ou seja, como uma carteira física. Normalmente, eles têm uma conexão USB que permite realizar as transações na rede Bitcoin ao serem conectados ao computador. Esse tipo de carteira é bastante seguro, porque não permite o acesso pela rede e é imune aos vírus de computadores. Porém, o seu valor de aquisição é alto.

Quais são as carteiras mais populares?

Blockchain.info

O Blockchain.info é um dos mais conhecidos e pioneiros no mercado de carteiras digitais para smartphone. Ele permite que você receba e envie Bitcoin por meio do QR Code e, para aumentar a segurança, a validação das transações é feita por um código PIN. O aplicativo oferece o backup por meio de uma frase-resposta e autenticação de fatores. Ele funciona nos celulares IOS e Android.

Coinbase

Além de ter a função de carteira digital, Esse aplicativo permite a realização da compra e venda de Bitcoin na mesma interface. Ele tem várias camadas de segurança para evitar o ataque de hacker e oferece uma maior variedade de moedas virtuais na sua plataforma, como Bitcoin, Ethereum e Litecoin.

Armory

É uma carteira desktop, ou seja, você precisa instalar o Armory no seu computador e tudo fica armazenado nele. Ele permite o backup dos arquivos (inclusive impresso), tem código aberto e várias camadas de segurança protegendo os dados em caso de ataque de hacker. É muito utilizado pelos usuários mais experientes e que não usam moedas virtuais no dia a dia.

Ledger Nano S

Ele é um dispositivo hardware no formato de pendrive que, ao acessar a sua carteira Bitcoin, solicitará um código PIN para garantir a segurança das informações. Ele ainda não é comercializado oficialmente no Brasil, mas já existem alguns fornecedores no Mercado Livre.

Como dissemos, existem inúmeras vantagens em utilizar a carteira digital para realizar as suas transações financeiras. É prático, seguro e sem burocracia. Vale ressaltar que você pode usar mais de uma carteira Bitcoin ao mesmo tempo, por exemplo, desktop para grandes valores e mobile para transações rotineiras.

Agora que você entende o que é carteira digital, aproveite a visita ao nosso blog e leia agora mesmo o artigo “Descubra agora como fazer o backup de uma carteira de Bitcoins”. Torne-se um especialista no assunto!