Quando se fala de criptomoedas, prezar pela segurança das suas ações e realizar transações de vendas no momento mais propício são decisões importantes para que qualquer investidor desse mercado tenha sucesso. Então, podemos dizer que quem sabe como guardar Bitcoins tem boas vantagens de obter êxito nessa modalidade de investimento.

Já adiantamos que realizar as transações com a intermediação de instituições que têm boa reputação é um primeiro grande passo para que tudo possa transcorrer bem, pois há bem menos chances de acontecer qualquer tipo de golpe ou fraude, o que causaria um desfecho traumático.

Devido à importância dessa questão, vamos aprofundar um pouco mais sobre o tema. Por isso, preparamos algumas dicas que são relevantes para você que tem interesse em guardar Bitcoins de forma segura e vendê-los no momento certo. Confira!

Busque por plataformas de trade de moedas virtuais confiáveis

Para começar investindo em Bitcoins já com o pé direito, é preciso que seja escolhida uma plataforma de trade de moedas que seja confiável para intermediar as suas transações — compra e venda da moeda virtual. Para quem não sabe, a plataforma, também chamada de exchange, faz o papel semelhante a uma casa de câmbio com as moedas comuns.

É possível encontrar muitas delas na internet, mas tome cuidado, pois nem todos os sites são confiáveis! Então é preciso estar atento para não cair em golpes. A boa notícia é que existem sites que listam as principais corretoras, e o BitValor é um deles. Perceba que o BitcoinTrade está nele!

Ao acessar esse ou outro site que tenha o mesmo objetivo, verifique o número de negociações que cada plataforma tem, isso já é um indício de que ela é idônea e também é possível entender qual possui maior liquidez. Lembre que por meio das plataformas será possível atuar de forma semelhante a uma bolsa de valores, ou seja, você define o valor que quer para comprar e vender Bitcoins.

É possível comprar diretamente de pessoas sem intermédio de corretoras, mas nesse caso há grandes chances de algo dar errado, como acontecer um golpe. É uma iniciativa bem arriscada e deve ser feita com muita moderação.

Cuide bem da sua carteira de Bitcoins

Depois de comprar Bitcoins, o ideal é que você não os deixe na corretora, pois não terá o controle total sobre eles. Sendo assim, será preciso ter uma carteira para guardar as suas criptomoedas. Esse recurso também pode ser chamado de Wallet. No caso do Bitcoin, temos as Bitcoins Wallets, que nada mais são do que softwares especializados em guardar as informações referentes às suas moedas virtuais.

A ideia é que você consiga guardar os Bitcoins com segurança, visto que há muitas ferramentas nas carteiras que garantem que somente você tenha acesso ao seu conteúdo. Saiba que muitas soluções de Bitcoin Wallet oferecem diversas maneiras de realizar backups.

Existe a possibilidade de fazer esses backups tanto em dispositivos, um pen drive, por exemplo, quanto na nuvem. Além disso, há a opção do backup físico, que é o que chamamos de carteira de papel.

Há também a carteira determinística, que é aquela que tem a capacidade de mudar o seu endereço público a cada nova transação, trazendo segurança para ataques mais elaborados. Deu para perceber que opções de carteiras não faltam, não é mesmo?

Saiba qual é o melhor momento para a compra

Assim como em qualquer tipo de investimento, o mais indicado a se fazer é estudar o Bitcoin antes de realizar uma compra. Afinal, não existe uma fórmula mágica que vai indicar quando é o melhor momento para adquiri-lo, isso é algo muito pessoal.

Então, é preciso adquirir conhecimento para que seja possível chegar a uma conclusão sobre a melhor hora para comprar. Já adiantamos que, quando se fala em criptomoedas, não existe “caro” e “barato”. O barato de hoje pode ser o caro de amanhã e vice-versa.

Boas práticas para que você possa tomar a sua decisão são:

Entenda que investir em Bitcoins é assumir alguns riscos semelhantes a investimentos de renda variável. Então, estar ciente das perdas e dos ganhos dessa modalidade é importante para que tudo ocorra da melhor forma possível.

Venda no momento certo

Assim como comprar, não existe uma fórmula que vai indicar o melhor momento para vender os Bitcoins: tudo também vai depender da sua experiência nesse mercado, que decorre também de muito conhecimento, erros e acertos.

Nesse sentido, saber interpretar as tendências do mercado é algo que pode ser um grande diferencial. Obviamente que ninguém quer vender algo por um valor menor do que comprou, porém, em períodos de valorização, a grande decisão está em prever se o crescimento continua ou não.

Podemos dizer, inclusive, que é essa questão que diferencia um bom investidor dos demais, visto que ele saberá ter os maiores ganhos possíveis e fazer o seu dinheiro render.

Procure especialistas

Por fim, nossa última dica é que você busque por profissionais e empresas especializadas no assunto para que possam fornecer todo o suporte nesses momentos decisivos, já que eles lidam com essas questões todos os dias e terão muito mais propriedade para orientá-lo em relação às melhores opções no momento, bem como às tendências futuras.

Lembre-se de que, para adquirir experiência nesse mercado, é preciso de um tempo vivendo as suas situações e isso esses profissionais possuem de sobra.

Com essas dicas que fornecemos, percebe-se que não é difícil saber como guardar Bitcoins, porém é algo que demanda estudo, trabalho e vontade de aprender. Sabemos que o caminho é igual para todos, mas é possível percorrê-lo mais rápido e até pegar atalhos. Para que isso aconteça, será preciso da ajuda de quem entende do assunto, bem como seguir essas dicas.

Quer saber como a BitcoinTrade poderá ajudá-lo nesse desafio? Então, agende uma conversa com um de nossos especialistas!